29 de jan de 2016

10 Coisas Sobre Percy Jackson

PercyJacksonTheOlympians

10. A Saga "Percy Jackson e os Olimpianos" é a saga mais vendida da Editora Intrínseca, superando Crepúsculo, nos Estados Unidos a saga permaneceu por 155 semanas na lista de best sellers do The New York Times;

9. Percy é a abreviação de Perseu, o herói grego filho de Zeus conhecido por decapitar a Gorgona Medusa, embora Percy faça o mesmo no primeiro livro, foi revelado que a escolha do nome se deve ao fato de que Perseu foi e ainda é um dos únicos semideuses a ter um final feliz;
8. Rick Riordan não pretendia escrever um livro quando criou Percy Jackson, como professor de história fascinado por mitologia, Rick o criou como uma história para o contar ao filho antes de dormir. Foi o próprio filho de Rick que o incentivou a colocar a história no papel;
7. Três dos livros de Percy Jackson e Os Olimpianos viraram Graphic Novels: O Ladrão de Raios, O Mar de Monstros e A Maldição do Titã;
6.  Embora os dois filmes da série tenham sido dirigidos por nomes como Chris Columbus diretor de Harry Potter, eles não obtiveram o sucesso esperado, já que os roteiristas alteraram drasticamente o plot original, gerando discordância entre os livros e suas adaptações. Foi a adaptação mais criticada por fãs de uma saga literária;
5. Enquanto estava na Universidade, Riordan trabalhou como em um acampamento de verão chamado Acampamento Capers em Long Island o qual usou como inspiração para criar o Acampamento Meio-Sangue;
4. Percy Jackson foi levemente inspirado no filho de Riordan uma das características tirada do filho é a dislexia e o déficit de atenção ou TDAH que o protagonista da série possui;
3. O título do livro O ladrão de Raios foi criado em parceira com os alunos de Riordan, para quem o autor deu o manuscrito original enquanto esperava que seu agente literário conseguisse uma editora para publica-lo;
2. Percy já lutou ao lado de Carter e Sadie Kane protagonistas da trilogia As Crônicas dos Kane, narrado em três contos publicados pelo autor. Os crossovers são: O Filho de Sobek; O Cajado de Serapis e A Coroa de Ptolomeu.
1. Nenhuma produtora anunciou a série de Percy Jackson, mas os fãs esperam que os direitos sejam comprados ou passados para a Netflix produzir uma série original. No ano passado após milhares de twittes começou a circular uma notícia de que a série já estava em produção, mas até o momento nada foi confirmado. Até porque a Fox detém os direitos sobre a saga.

http---signatures.mylivesignature.com-54492-348-8CDC41FCD38DF5750D599C05656C608C[3]

26 de jan de 2016

TAG Percy Jackson e Os Olimpianos

Box da Série Percy Jackson e Os Olimpianos-600x600

Seguindo a ideia de uma semana especial sobre Percy Jackson, não poderia faltar uma Book TAG, adoro essa brincadeira e sempre encontro umas bem legais nos blogs americanos que costumo ler para ter ideias, é claro que sempre dou os créditos devidos, e foi assim que cheguei ao The Writing Hufflepuff.
A TAG criada para o blog chama-se Percy Jackson and the Heroes of Olympus Book Tag, porém fiz algumas alterações mínimas para adequá-lo não apenas a língua portuguesa como também ao tema desta semana especial

Qual seu maior erro durante uma leitura?
Ver quantas páginas tem o livro e acabar lendo o final
A Hestia em sua estante (Um livro que você sente que é subvalorizado)
A Outra Vida de Susanne Winnacker, merecia ter sua continuação publicada, a autora inovou no quesito fim do mundo e mesmo assim The Life Beyond ainda não saiu do formato ebook.
Ah não! Hades está tentando te assustar!  (Um livro que dá medo)
Não que de medo, mas ler Caixa de Pássaros de Josh Mallerman e me imaginar no lugar da protagonista me aterroriza. Isso de não poder ver o mal que te espreita é sinistro.
Para a caverna de Zeus! Seu lugar preferido para ler
Minha cama, adoro poder deitar e ler.
Um livro pelo qual você cairia no Tártaro
As Vantagens de Ser Invisível, adoro este livro.
Quem da série não pode morrer?
Da série PJO, Nico e da série HO, Leo. O primeiro por dar aquele ar mais nebuloso e trágico e outro por ser justamente o contrário por ser o comediante da turma.
Um evento que precisava acontecer?
Seria estranho imaginar Pernico?
Personagem menos Favorito?
Da série PJO, a mãe de Percy, Sally. Detesto essa chorona. E da série HO, Piper, pelos deuses essa menina é insuportável.
Livro favorito de toda a série?
Da série PJO, A Batalha do Labirinto e da série HO, A Marca de Atena.
Deus favorito e qual o que menos gosta? (Cuidado, você não quer ser atingido por um raio, ou ser transformado em um golfinho ou ...)
Atena é minha favorita, deusa da sabedoria e do planejamento em batalha. Agora detesto o Dionísio tanto o mito quanto o do livro. Cara chato, merece ser castigado por Zeus.
Seu pai divino?
Pelas descrições do livro seria filho de Apolo.
Qual a importância dos livros para você e por quê?
Como amante da mitologia a série é uma forma de estar sempre ligado as histórias, sempre vivenciando os mitos e lendas.
Uma mensagem para o tio Rick?
Escreve um livro sobre mitologia brasileira? Tipo um protagonista filho do saci?!
Tag pelo menos cinco outros semideuses

Não costumo marcar ninguém, mas se tem um blog e quiser fazer a tag sinta-se livre, não se esqueça de citar o Dialética Proposital.


http---signatures.mylivesignature.com-54492-348-8CDC41FCD38DF5750D599C05656C608C[3]

25 de jan de 2016

Livro #43: Percy Jackson e os Olimpianos: O Ladrão de Raios de Rick Riordan

livro-o-ladrao-de-raios-7Percy Jackson é o herói de maior sucesso de Rick Riordan, batizado de Perseu Jackson em homenagem ao poderoso filho de Zeus que um dia matou Górgona Medusa, em Percy Jackson e os Olimpianos: O Ladrão de Raios, várias passagens assemelham-se a lenda de Perseu, e fica evidente que embora filho de outro deus, Percy tem mais de seu primo do que apenas o nome.
Percy é um jovem com déficit de atenção e dislexia, por causa disto vive se dando mal nas aulas, já que não consegue prestar atenção ou entender o que lhe é ensinado, Percy tem um melhor amigo Groover um garoto estranho que usa muletas o tempo todo e que praticamente é o seu único amigo com exceção de um professor do qual ele gosta muito, Quiron, um homem esbelto porém limitado a uma cadeira de rodas.
Porém é durante uma aula sobre mitologia grega que Percy vê seu mundo virar de pernas pro ar, ninguém é o que parece ser, sua professora de matemática tem asas e garras, Groover o melhor amigo possui cascos de bode no lugar dos pés e o professor é um cavalo da cintura para baixo. E se tudo isto não bastasse sua caneta é magica e se transforma em uma espada grega capaz de cortar monstros.
Seria de se esperar que para Percy isto fosse uma loucura, porém embora assustado o garoto não tem tempo para pensar em loucura ou sanidade ele tem que correr, precisa fugir dos monstros que tentam mata-lo e chegar ao lugar chamado de Acampamento Meio Sangue.
Lá ele descobre que não é um humano normal, na verdade ele é filho do deus do mar Poseidon, um meio sangue outrora chamado de semideus, o que já é loucura demais, porém ainda há mais coisas para acontecer ele é acusado de roubar o raio mestre de Zeus o deus dos deuses, e agora é caçado por isto.
E se isto não bastasse ainda a Gabe malcheiroso o padrasto de Percy que vive a atormentar Sally sua mãe.
É uma aventura eletrizante do início ao fim, Percy tem que se encontrar naquele novo mundo, provar que não é um ladrão, salvar sua mãe e ainda aguentar um deus castigado que insiste em esquecer seu nome, e ainda por cima tem a garota loira filha de Atena, Annabeth como filha da deusa da sabedoria é um gênio em pessoa porém parece discordar sempre do garoto e, é a ele que ele terá que recorrer caso queira impedir a destruição do Olimpo.
O livro é envolvente, cativante e nos joga no meio da mitologia grega mesclada a contemporaneidade, os deuses estão por ai, os monstros também e Percy é o novo herói que o mundo precisa.
Como fã de história (afinal sou professor desta matéria) amo a mitologia grega, desde pequeno cresci acompanhando Hercules seja em desenhos animados, séries ou filmes, então poder ler uma aventura nova sobre um semideus vivendo na atualidade, teria sido maravilhoso tê-lo na minha adolescência, mas que se dane isto de ser infanto-juvenil, é uma história muito bem escrita e merece ser lida por todas as idades.
Rick Riordan o escreveu divinamente o que me fez desejar ler os outros livros da série, e ainda outros trabalhos do autor como a trilogia As Crônicas dos Kane e Heróis do Olimpo.
Recomendo o livro a todos que gostem de uma boa aventura, a várias versões do livro por ai, inclusive graphic novel, porém a edição que tenho é a primeira lançada pela Editora Intrínseca, a versão econômica lançada em 2008 e mesmo se tratando de uma edição econômica, a editora caprichou no exemplar, trazendo algo bonito de se ter na prateleira, e ainda próprio para uma leitura agradável e prazerosa.

5[3]


Ficha Técnica
Título: O Ladrão de Raios
Subtítulo: Percy Jackson e os Olimpianos # 1
Autor: Rick Riordan
Preço de Capa: R$ 16,90 até R$ 17,90
ISBN-13: 9788598078397
ISBN-10: 8598078395
Ano: 2008 / Páginas: 400
Idioma: português
Editora: 
Intrínseca
Sinopse: Primeiro volume da saga Percy Jackson e os olimpianos, O ladrão de raios esteve entre os primeiros lugares na lista das séries mais vendidas do The New York Times. O autor conjuga lendas da mitologia grega com aventuras no século XXI. Nelas, os deuses do Olimpo continuam vivos, ainda se apaixonam por mortais e geram filhos metade deuses, metade humanos, como os heróis da Grécia antiga. Marcados pelo destino, eles dificilmente passam da adolescência. Poucos conseguem descobrir sua identidade.
O garoto-problema Percy Jackson é um deles. Tem experiências estranhas em que deuses e monstros mitológicos parecem saltar das páginas dos livros direto para a sua vida. Pior que isso: algumas dessas criaturas estão bastante irritadas. Um artefato precioso foi roubado do Monte Olimpo e Percy é o principal suspeito. Para restaurar a paz, ele e seus amigos - jovens heróis modernos - terão de fazer mais do que capturar o verdadeiro ladrão: precisam elucidar uma traição mais ameaçadora que a fúria dos deuses.

Nota no Skoob: 4.4
http---signatures.mylivesignature.com-54492-348-8CDC41FCD38DF5750D599C05656C608C[3]

24 de jan de 2016

Parceria #Bookstart

E o blog tem a alegria de anunciar sua nova parceria!
O Dialética Proposital foi um dos blogs escolhidos para integrar o time Bookbro durante o ano de 2016, e para este que vos escreve é um prazer anunciar a parceria com a Bookstart.
clip_image002A Bookstart é hoje a maior plataforma de financiamento coletivo com foco editorial do Brasil. O formato é uma alternativa ao modelo de publicação tradicional, que costuma trazer dificuldades para o autor.

A Bookstart Oferece uma solução completa de financiamento com politicas de recompensas atrativas, atrelado a um completo suporte editorial e de divulgação, que tornam o projeto ainda mais cativante e bem sucedido.
Com pouco mais de 1 ano e mais de 40 projetos viabilizados, possui uma taxa de sucesso de 70% sobre todos as campanhas que entram na plataforma.

VOCÊ CONHECE O FINANCIAMENTO COLETIVO?
Para o colaborador, o Crowdfunding funciona como uma pré-venda. O projeto tem seu valor apresentado, através de recompensas de valores variados, e você apoia com a faixa de investimento que se identificar.
Caso o projeto atinja sua meta, o projeto é viabilizado e você recebe em sua casa – dentro do prazo determinado no projeto - as recompensas que recebeu.
Caso o projeto não atinja sua meta, você pode investir em algum outro projeto ou ainda, recebe o valor que investiu inicialmente.
O formato de financiamento coletivo permite que inúmeros projetos - que não teriam recursos próprios para serem desenvolvidos -sejam viabilizados graças a mobilização da rede de contatos não apenas do autor, mas também do trabalho desenvolvido em parceria com a plataforma.
A Bookstart atua lançando projetos literários, com a qualidade da editora tradicional, mas com um modelo flexível de publicação.
Conheça os projetos que estão em campanha clicando na imagem abaixo:
image
Acesse as Redes Sociais

clip_image004/BookstartBrasil

/bookstart_

/bookstart_

E para você que quer conhecer mais da Bookstart e adquir um dos livros já publicados acesse: http://livraria.bookstart.com.br/ e utilize nosso codigo promocional  #BlogDP.

Quer apoiar algum projeto, acesse os links abaixo, são dois projetos que DP tem o prazer de apoiar.
https://goo.gl/tt68Mo
https://goo.gl/DhROg8
http---signatures.mylivesignature.com-54492-348-8CDC41FCD38DF5750D599C05656C608C[3]

23 de jan de 2016

TAG R.I.P It or Ship It

ripitorshipit

Faz algum tempo que não realizo uma TAG aqui no blog, e foi por isso que resolvi visitar alguns blogs estrangeiros que admiro para buscar ideias, queria algo novo, único por aqui. E foi assim que acabei no Dreamland Book Blog da Beatrice.
A ideia da Tag: R.I.P It or Ship It e unir casais de livros diferentes, e então escolher entre R.I.P (morte da relação) ou Ship It (continuar juntos).
As regras são muito simples:
1. Anote os nomes de personagens de diferentes livros em pedaços de papel. Você pode fazer com quantos quiser, como estava com preguiça fiz com 26 (13 meninas e 13 meninos – 11 pares heteros e 2 homos).
2. Coloque-os em um recipiente de sua escolha.
3. Retire dois nomes um menino e uma menina, ou dois meninos ou duas meninas, vai da sua escolha, no meu caso tirei um de casa sexo.
4. Hora da decisão! Você shippa ou quer uma morte pacífica / dolorosa para a relação? Diga ao mundo!
 

1.Mara Dyer e Peeta Mellark (#Mareeta)
A Desconstrução de Mara Dyer – Trilogia Jogos Vorazes

1

Rip it! Acaba, rasga, mata a relação. Mara não merece este anão. A garota é poderosa porém frágil e a confiança dela é menor ainda, qualquer gracinha de Peeta e os poderes de Mara sairiam de controle.

2.Verônica e Kellan Kyle (#Vellan)
O Lago Negro – Intenso Demais
2
Ship It! Verônica gosta de se envolver com este tipo de cara, o cafajeste, Enzo que o diga, então Kellan é o seu tipo! Fariam um casal bonito.

3. Tricia McMillan ou Trillian e Ablon (#Triblon)
O Guia do Mochileiro das Galáxias – A Batalha do Apocalipse
3
Ship It! Com certeza eu shippo. Trillian adora um cara perturbado e já mostrou que não se preocupa se as espécies são diferentes, e Ablon daria certo com o jeitinho louco dela.
4. Anna Oliphant e Jon Snow (#Snowphant)
Anna e o Beijo Francês – A Guerra dos Tronos
4
Rip It! Se Jon tentasse beijar Anna seria um desastre. Não dá para existir Anna e o Beijo de Westeros, até a vejo dizendo “sabe de nada Jon Snow.
5. Hazel Grace e Peter Pan (#Panzel)
A Culpa e das Estrelas – Peter Pan e Wendy
5
Ship It! No livro ficou subentendido que Hazel morreu, porém se namorasse Peter, os dois viveriam em Neverland ou o tempo nunca muda e ela seria imortal, então pensando nisto que eu shipo Panzel.
6. Alexia Tarabotti e Judas Coyne (#Aleyne)
Alma? – A Estrada da Noite
6
Ship It! Alexia vive entre lobisomens e vampiros, porque não se aventurar com um cara assombrado por um espirito vingativo. Ela resolveria este problema com uma única mão até porque a outra estaria segurando uma sombrinha.
7.Lilly Caul e Nico di Angelo (#Lilico)
O Caminho para Woodbury – A Marca de Atena
7
Ship It! Lily sofre o livro todo com medo dos zumbis, namorar Nico seria a solução. Nico controla os mortos, Lily ama-o por isto. Não tem para o Josh nem para o Governador, o negócio agora é namorar o filho do deus dos mortos.
8. Annabeth Chase e Tiny Cooper (#Anny)
O Ladrão de Raios – Will e Will
8
Rip It! Annabeth não merece alguém tão espalhafatoso como Tiny Cooper, e também o garoto é chegado em outro tipo de coisa, não duraria um dia, Annabeth com seu temperamento forte atacaria Tiny na primeira vez que ele usasse uma de suas roupas.
9. Alasca Young e Dale Barbara (#Barbasca)
Quem é Você Alasca? – Under The Dome
9
Rip It! Barbara é metido a heroizinho e Alasca não combina com isto, ela merece um bad boy que não leve desaforo pra casa.
10. Camille Preaker e Caspian (#Camcas)
Objetos Cortantes – As Crônicas de Nárnia
10
Ship It! Camille precisa de um príncipe. Alguem que a trate como a lady que é e que a faça esquecer a família louca da qual faz parte, Caspian é típico lorde inglês necessário para ela, além do mais se ela quiser se cortar, poxa ele tem uma espada!
11. Layken Cohen e Quatro (#Quaken)
Métrica – Divergente
11
Rip It! Detesto Quatro, só está aqui porque não me lembrei de nenhum outro nome, e ele merece ficar sempre sozinho, Lake merece coisa melhor do que o louco tatuado.
12. Percy Jackson e Harry Potter (#Jackotter)
Série Percy Jackson – Série Harry Potter
12
Ship It! Já até imagino o namoro destes dois, o filho do deus do mar e o bruxo mais poderoso, talvez uma guerra de espadas, não talvez de varinha?!
13. Samantha (Sam) e Ever Bloom (#Sambloom)
As Vantagens de Ser Invisível – Série Os Imortais
13
Ship It! Sam é o meu sonho e Ever é perfeita, nada melhor do que junta-las. Seria meu casal preferido de todos.


Bem pessoal é isto, espero que tenham gostado da ideia, embora acredite que ela não seja tão nova por aqui como imagino. Foi bem divertido faze-la.

http---signatures.mylivesignature.com-54492-348-8CDC41FCD38DF5750D599C05656C608C[3]

22 de jan de 2016

10 Coisas Sobre John Green

Na volta do 10 Coisas, o Dialética traz um especial sobre o autor que se consagrou não apenas no mundo literário, mas também no mundo cinematográfico, John Green, o fenômeno americano e mundial de vendas.

Acompanhe este especial: 10 Coisas Sobre John Green:

56-life-lessons-you-learned-from-john-green-1-20427-1377619757-43_big

10: John Green, nasceu em Indiana, EUA, em 24 de Agosto de 1977, tem 38 anos, é casado com Sarah e tem dois filhos;

9: É formado em Inglês e Estudos Religiosos;

8: Quase se tornou pastor, mas inspirou-se em seu trabalho em um hospital como assistente de capelão onde conviveu por um tempo com crianças terminais, em especial Esther Grace, uma adolescente portadora de um câncer na tireoide, foi inspirada nela que John escreveu A Culpa é das Estrelas, embora não tenha sido seu primeiro livro, foi ACDE que o impulsionou a se dedicar a carreira de escritor, depois disto não parou mais;

7: Usou seu antigo colégio o Indian Springs School para dar vida a Culver Creek cenário do livro Quem é você Alasca?, onde o protagonista Miles vai estudar e conhece Alasca Young, o Indian Springns School é conhecido por formar outros grandes nomes, além de Green, como o autor Daniel Alarcon, o diretor John Badham, David Hill um dos criadores da série Game of Thrones;

6: Quando adolescente foi vítima de bullying por ser nerd e sofreu muito com isto, por esta razão quase todos os seus personagens tem como característica a inteligência e a busca constante por conhecimento, um exemplo é Colin o protagonista de Teorema Khaterine, o jovem nerd que tinha medo de ser apenas um prodígio e nunca um gênio;

5: É vlogueiro no Youtube ao lado do irmão gêmeo Hank, o nome do canal é “Vlogbrothers”, e iniciou como uma brincadeira onde os irmãos deviam se corresponder apenas por vídeos durante um ano, depois dos vídeos se popularizarem na internet, os irmãos participam do grupo filantrópico Nerdfighters, que arrecadam dinheiro para ações sociais;

4: John e o irmão atuam como comediantes e já se exibiram no prestigiado Carnegie Hall, em Nova York, os irmãos executaram suas rotinas clássicas: canções sobre Harry Potter, leituras de seus livros, uma sequência de perguntas e respostas estranhas e Hank foi chegou a ser eletrocutado;

3: É fã de pizza. Tem ataques de pânico e medo de altura, seu livro favorito é o Apanhador no Campo de Centeio;

2: Alguns personagens de Green além de serem nerds como ele, carregam algumas de suas manias incomuns, como o de brincar com anagramas como o protagonista de O Teorema Khaterine, o fato de colecionar últimas palavras de pessoas famosas, característica de Miles de Quem é você Alasca?;

1: John Green figura entre os autores best sellers do 'The New York Times', e seus livros já foram traduzidos para mais de 20 idiomas. John Green já ganhou os prêmios Printz Medal e o Printz Honor, o Innovators Award, o Times Book Prizes e o Edgar Award, prêmios de grande importância no mundo literário.

http---signatures.mylivesignature.com-54492-348-8CDC41FCD38DF5750D599C05656C608C[3]

20 de jan de 2016

Dialética Séries [iZombie]: Personagem do Mês: Liv Moore

Olá meu povo e minha pova, estava eu aqui curtindo meu único dia de descanso durante a semana e imaginando o que escrever para uma postagem da coluna Dialética Séries, a qual ficou abandonada no último mês, quando para me inspirar resolvi colocar em dia meus dias de seriatico, e comecei pelo melhor seriado de zumbis da atualidade, iZombie.
E foi vem a bela Liv Moore que resolvi dedicar essa volta da coluna a personagem que tem me cativado a cada episódio, então é isso, hoje não será uma especial série e sim um especial personagem, e vamos combinar começar pela Liv é uma escolha perfeita. E além de tudo, a intro da série é perfeita e com uma musica que amo: Deadboy & the Elephantmen - "Stop, I'm Already Dead".
izombie-new-headeriZOMBIE é uma série criada por Rob Thomas e Diane Ruggiero-Wright para The CW, e é uma adaptação livre da HQ de mesmo nome escrita por Chris Roberson e Michael Allred, e publicado pela DC Comics sob a sua marca Vertigo.
Em sua segunda temporada, o seriado é protagonizado pela médica residente, atual assistente de legista do necrotério Seattle PD, Liv Moore interpretada pela talentosíssima atriz neozelandesa Rose McIver. Já no primeiro episódio da primeira temporada acompanhamos a mudança drástica que a vida de Liv toma, quando a garota resolve participar junto com uma amiga de uma festa em um barco.
Durante a festa, algumas pessoas fazem uso de uma droga nova chamada Utopium, porém a droga afeta mais do que a percepção dos usuários, ela as transforma em algo mais, algo novo e faminto. Um ser que tem fome por cérebros. Sim, aqui temos os famosos zumbis dos anos oitenta que se alimentavam de cérebros frescos. Embora, é claro os de iZombie tenham suas peculiaridades em comparação aos clássicos de A Noite dos Mortos Vivos.
Enquanto tenta escapar da horda de zumbis recém nascidos e famintos, Liv Moore acaba sendo arranhada por Blaine DeBeers, por fim Liv escapa, porém Blaine também, e os dois se tornam os primeiros zumbis de verdade da cidade de Seattle.
Quando se percebe um zumbi, Liv já está se alimentando de cérebros, e, é por isso que ela resolve mudar toda a sua vida, a antes médica residente e uma pessoa normal, abandona sua família amorosa e feliz, o noivo Major, e começa a trabalhar no necrotério, onde consegue seu estoque de cérebros quase frescos para satisfazer sua fome.
As diferenças entre os zumbis clássicos começam aqui, primeiro Liv não sente gosto de nada a não ser cérebros, por isso acaba temperando tudo que come com muita pimenta, e isso abrange também as bebidas, somente assim ela consegue sentir um leve sabor na comida humana, e segundo, Liv tem um dom, ela consegue ver as lembranças dos cérebros que come, uma conexão entre o alimento e seu cérebro lhe garante não apenas acesso aos segredos sombrios, mas também certas singularidades de cada pessoa, como medos, desejos, taras, enfim ela não se alimenta apenas de cérebro, mas também da personalidade dos antigos donos do cérebro, e assim consegue ajudar o Departamento de Polícia a solucionar crimes como consultora "psíquica".


Liv conta com a ajuda de seu chefe Dr. Ravi Chakrabarti, que é fascinado por sua condição e busca criar uma cura para o vírus zumbi, e do Detective Clive Babineaux, que acredita que Liv é um vidente.
Os zumbis de iZombie somente se tornam parecidos com os já clássicos zumbis de The Walking Ded e Z Nation quando ficam muito tempo sem se alimentar, quando isso ocorre, eles se tornam animais famintos e irracionais, onde tudo o que os impulsiona é a fome por cérebros.
Bem este é um resumo de quase toda a primeira temporada, que ao meu ver não foi tão boa quanto está sendo a segunda, Rose se transformou em outra pessoa, a atriz adquiriu uma confiança única e inconfundível durante o hiato entre as duas temporadas e retornou agora nesta segunda com um talento indescritível, é assustador as nuances de caráter e personalidade que ela consegue atribuir a personagem, Liv se torna outra pessoa ao comer cérebros e isso tem se tornado o chamariz da série. É incrível a capacidade da atriz de dar a personagens várias personalidades diferentes e mesmo assim fazer Liv única e especial.
Nesta segunda temporada, Liv já foi gótica depressiva, ninfomaníaca, stalker, esportista, papai Noel, atriz, enfim inúmeros personagens em um só, e isso tem me feito rir muito.
Recomendo a série a todos que gostam de algo mais leve, mais comédia, embora a série seja sobre os famigerados zumbis, aqui não a sustos ou medo, e sim muita diversão e as vezes uma pitadinha de drama.

Veja a promo da segunda temporada.
 
http---signatures.mylivesignature.com-54492-348-8CDC41FCD38DF5750D599C05656C608C[3]

18 de jan de 2016

Livro #42: Los Pilares de La Tierra de Ken Follett

videojuego-los-pilares-de-la-tierra_0-615x327Los Pilares de La Tierra do consagrado escritor Ken Follett e publicado pela Editora DeBolsillo é o primeiro livro que leio em outra língua, é claro que para esta missão tão desafiadora escolhi o caminho mais fácil e optei pelo espanhol, e especialmente por ter ganhado este livro da minha prima que vive na Espanha.
Embora o espanhol tenha sua singularidade com o português não faltou momentos de confusão e incoerência na minha cabeça, ainda mais por se tratar de uma obra tão grande e cheia de termos técnicos da bela arte da construção.
Porém, como sou brasileiro e não desisto nunca, fui a fundo com este calhamaço oriundo da Península Ibérica e acabei me apaixonando não apenas pela história, mas também pelo autor que tem todos os méritos para ser chamado de autor best seller.
Los Pilares de La Tierra ou simplesmente Os Pilares da Terra é obra máxima do autor, narrado em terceira pessoa, suas 1359 páginas estão repletas de tramas violentas, paixões avassaladoras, fé complexa e demonstrações de poder. Com quase uma dúzia de personagens principais a trama exala criatividade e comprometimento, a todo um estudo histórico por traz da narrativa e segue um ritmo emocionante.
Trata-se de uma ilustração real do que foi o período medieval inglês, onde há de tudo um pouco, o alto clero assumindo compromissos destinados a monarquia, o povo humilhado e oprimido pelos senhores feudais, barões e condes. As mazelas da pobreza e falta de saneamento da época, as inovações que trouxeram luz a humanidade. As terríveis guerras monárquicas que acabavam tendo cunho monóstico. As intrigas reais e disputas locais.
O drama dos pequenos povoados e vilas acostumados a serem colocados no meio da disputa de dois ou mais nobres loucos por poder, as feiras que movimentavam a economia, as colheitas e as intemperes naturais, as cruzadas assassinas dominadas pelo fervor e temor religioso, a terrível situação do sexo feminino, humilhado e escandalizado pelo sexo masculino.
Enfim, o que não falta neste livro é história, e embora parece muito para suas pouco mais de mil páginas, Ken Follett conseguiu abordar todos os conteúdos da época sem parecer banal ou sem dar-lhe o mérito necessário.
Contudo o que mais se vê no livro é a temática religiosa argumento presente na maioria dos infortúnios e percalços dos protagonistas desta trama mirabolante.
A narrativa atravessa mais de 40 anos da história inglesa, indo de 1123 a 1174, e isso sem fazer uso de muitas passagens temporais. No início da trama acompanhamos aquele que no início parece o protagonista de toda a trama, Tom Builder ou Tom o Construtor, Tom sonha em construir uma catedral e após ser demitido por William viaja com sua família por toda a Inglaterra atrás de trabalho, até que acaba em Kingsbridge um monastério em decadência e que acaba de ter um novo prior, e este sonha com a restauração do lugar. Embora isso ocorra quase na metade do livro, é aqui que se dá início a verdadeira trama da história de Follett.
Não irei me prolongar muito sobre a história em si, pois renderia umas vinte páginas fáceis no Word, então apresentarei os protagonistas desta trama, ou pelo menos um pouco sobre cada um deles.
Jack Jackson (também conhecido como Jack Fitzjack, e Jack Builder): Apresentado como um garoto estranho de cabelos vermelhos, Jack único filho de Ellen se destaca pouco a pouco no livro, no início parece sem importância, mas ao passo que cresce se mostra um jovem inteligente e acaba-se por tornar-se um arquiteto de grande talento e acaba por concluir o trabalho de seu padrasto, construindo a mais bonita catedral de toda a Inglaterra.
Philip: O monge inteligentíssimo e muito devoto, acaba em Kingsbridge ao se ver envolvido em uma conspiração contra o rei, torna-se prior do monastério e ao longo da trama mostra que mesmo sendo de origem humilde e vindo do meio do mato, é um erudito nato, um homem disposto a tudo em nome de Deus, e é para mim o personagem mais bem construído de toda a história.
Aliena de Shiring: A garota que tinha tudo, que fazia o que lhe parecia melhor, e acabou perdendo tudo, é a minha personagem favorita, mesmo depois de toda a humilhação sofrida nas mãos de seu ex-noivo William dá a volta por cima e consegue cumprir a promessa feita ao pai, mesmo que sempre apareça algo que a derrube ela se levanta e volta a lutar. Garota assustada, mulher indômita, comerciante nata, mãe exemplar, todas as facetas de Aliena são perfeitamente criadas e narradas.
Tom Builder: Construtor que inicia a reconstrução da abadia de Kingsbridge, um homem inteligente para quase tudo, menos para que se relaciona ao seu filho mais velho Alfred.
William Hamleigh: O monstro da história, o terror de Aliena e Philip, o odiei do início ao fim e não vou perder muito tempo falando deste crápula frio e inescrupuloso.
Ellen: A bruxa, a única com coragem para ir contra a Igreja, para dizer e fazer o que pensa, mulher de temperamento forte, independente e única.
Waleran Bigod: Bispo inescrupuloso, embora fiel a Deus, é a mente por trás de quase tudo de ruim que acontece no livro, maquiavélico e implacável, e de uma inteligência ímpar.
Richard de Shiring: Irmão caçula de Aliena, um idiota que sonha em ser cavaleiro, mas esquece tudo o que importa, a única morte de um mocinho que não me importei.
Alfred Builder: Crápula sem coração, um brutamontes rustico e idiota, inicialmente adorei o personagem mas assim que se torna homem mostra que não vale o chão que pisa.
Outros personagens de importância na história mas que passam batido são:
Martha Builder: filha de Tom.
Jonathan: filho de Tom e monge de Kingsbridge.
Lord Percy Hamleigh e Lady Regan Hamleigh: pai e mãe de William Hamleigh.
Rey Esteban; Emperatriz Maud; Conde Bartholomew de Shiring nobreza envolvida nos primeiros vinte anos de guerra, a morte deles não foi sentida.
Remigius: como toda história precisa de um duas caras, o monge Remigius está ai para confabular com todos os lados da moeda. Um traste mas que teve uma redenção linda.
Ainda poderia citar outros tantos personagens, mas os nomes aqui apresentados são aqueles que você vai acompanhar do início ao fim do livro, e pode ter certeza você vai amar muito deles, odiar outros, e vai se indignar muito com tantos acontecimentos que estes protagonizam, estupro, abusos de poder, assassinato a sangue frio, corrupção dos membros da igreja, tudo o que você apenas leu nos livros de história aqui é pintado com a cor que realmente parece, o vermelho sangue.
Não vou prolongar-me mais com esta resenha, não falarei dos aspectos físicos do livro, até porque é bem difícil achar um exemplar da DeBolsillo para se comprar por aqui, porém a Editora Rocco publicou uma versão em português que vale a pena conhecer.
Sobre a narrativa em si, recomendo a todos. É uma leitura para se encantar, e não se preocupe mesmo parecendo imenso é um livro tenso e enérgico que você vai devorar em poucos dias. Talvez tenha dificuldades com as partes descritivas da construção da catedral, mas tirando os termos técnicos você vai encontrar uma história impecavelmente cativante.

5[3]

 Ps: O livro foi adaptado em 2010 para uma minisérie televisiva com o mesmo nome, uma produção em oito capitulos. Tanto o livro como a série tem um sucessor, o Mundo sem Fim é a sequência de Os Pilares da Terra, narrando a vida da cidade inglesa fictícia de Kingsbridge cerca de 200 anos depois.

Ficha Técnica
Título: Los pilares de la Tierra
Autor: Ken Follett
ISBN-13: 9788497592901
ISBN-10: 8497592905
Ano: 2003 / Páginas: 1360
Idioma: espanhol
clip_image001
Editora: Debolsillo
Nota no Skoob: 4.5
Sinopse: Os pilares da terra, traça o painel de um tempo conturbado, varrido por conspirações, jogos intrincados de poder, violência e surgimento de uma nova ordem social e cultural. A figura que melhor expressa os ideais que inspiraram Ken Follett a escrever este livro é Philip, prior de Kingsbridge, um homem que luta contra tudo e todos para construir um templo grandioso a Deus. Mas a galeria de personagens que gravitam em torno da catedral inclui Aliena, a bela herdeira banida de suas terras, Jack, seu amante, Tom, o construtor, William o cavaleiro boçal, e Waleran, o bispo capaz de tudo para pavimentar seu caminho até o lugar do Papa, em Roma. Como painel de fundo, uma Inglaterra sacudida por lutas entre os sucessores prováveis ao trono que Henrique I deixou sem descendentes.
Épico que consegue captar simultaneamente o que acontece nos castelos, feiras, florestas e igrejas, Os pilares da terra é a recriação magistral de uma época que nossa imaginação não quer esquecer.


http---signatures.mylivesignature.com-54492-348-8CDC41FCD38DF5750D599C05656C608C[3]

10 de jan de 2016

Nova Parceria: Autor Sergio Rossoni

É com enorme prazer e sastifação que anunciamos mais uma parceria com um escritor brasileiro. Aquele que não apenas viu no Dialética um meio de divulgação de seu trabalho mas também como uma parceria possível e frutifera é o autor:
Sergio Rossoni, paulista, produtor artístico e músico, psicanalista por formação e aventureiro do universo freudiano.
Agora escritor, Sergio não deixou de lado sua percepção artística e divide seu tempo com o trabalho  de terapeuta e escritor com suas outras paixões o desenho artístico e a ilustração, utilizando-se do pincel e da tinta para inspirar-se na criação de seus personagens.
Sergio é apaixonado por livros de suspense, quadrinhos e filmes, vive em São Paulo na companhia da mulher e dos cinco filhos felinos.
Birman Flint e o Mistério da Pérola Negra é seu primeiro romance. Uma obra da literatura juvenil com uma ficção fantástica inspirada na cultura russa. O lançamento aconteceu em setembro de 2015 pela Chiado Editora – que também publicou a obra em Portugal, Angola e Cabo Verde.
Vamos conhecer um pouco sobre o livro de Sergio Rossoni?!

Capa-BX-7-675x340

Birman-FlintBirman Flint e o Mistério da Pérola Negra – livro I
O ano é 1920, e o mundo bem poderia ser o nosso não fosse habitado por animais que se comportam e vivem como nós.

Quando Birman Flint, repórter do Diário do Felino, ao lado do detetive Gallileu Ponterroaux e do amigo Bazzou, se vê às voltas investigando o misterioso assassinato de Karpof Mundongovich, agente rudanês membro do Conselho Imperial do Czar Gatus Ronromanovich, não poderia sequer imaginar o destino sombrio que os aguardava, lançando-os em meio a uma conspiração repleta de intrigas e assassinatos, transformando-os em peças de um jogo diabólico envolvendo membros de uma antiga seita e um misterioso artefato capaz de alterar o rumo de suas vidas para sempre.

Onde Comprar
Screen Shot 2015-09-10 at 11.47.11 AM

Screen Shot 2015-09-10 at 11.47.38 AM
Screen Shot 2015-09-10 at 11.47.57 AM

MFontes

   O Dialética Proposital dá as boas vindas a Sergio Rossoni e espera que este ano de 2016 bem como está parceria seja repleta de alegrias e realizações. Obrigado por confiar neste humilde blog.
 

http---signatures.mylivesignature.com-54492-348-8CDC41FCD38DF5750D599C05656C608C[3]

Ebook de Livros e Contos da autora Ju Lund na Amazon

A parceiríssima do blog Ju Lund anunciou a alguns dias que seus livros e contos estão disponíveis em formato e-book na Amazon, mas como este que vos escreve anda muito atarefado ultimamente, acabou atrasando a publicação desta novidade tão importante. Detalhe explicativo, atualmente moro em uma cidade do interior goiano distante quase cinquenta quilômetros da capital onde trabalho atualmente, então metade do meu dia gasto dentro de um ônibus o que acabou afetando a frequência de publicações do blog.
Como informado no e-mail enviado pela equipe da autora, o carro chefe da autora Doce Vampira e a continuação Alma Vampira já estavam disponíveis na Amazon. Agora porém, os livros Entrecontos 1 e Entrecontos 2 estão voltando, além do no novíssimo Entrecontos 3, que há muito já estava editado mas também em negociação desde 2013, agora já está disponível na Amazon.

Outros três livros da autora também estão disponíveis na loja virtual, então você que assim como eu se encantou com a escrita da autora corre lá e adquira seus exemplares virtuais.



 

 
Os ebooks de Doce Vampira e Alma Vampira estão por inacreditáveis R$ 9,90.
Aproveitando, que tal dar um pulo lá na Amazon e deixar a sua avaliação de Doce Vampira: Avaliar Doce Vampira.

seal
http---signatures.mylivesignature.com-54492-348-8CDC41FCD38DF5750D599C05656C608C[3]

3 de jan de 2016

Livro #41: Extraordinário – R.J. Palacio

extraordinario.-5

O livro Extraordinário da autora R.J. Palacio é um clássico que deveria ser lido por todas as crianças do mundo. É transcendental e equivalente a muitas horas de palestras e teorias de comportamento, é o ápice da superação sobre as dificuldades.
Acompanhamos nesta história narrada por diversos personagens, a história de Auggie um garoto que nasceu com uma síndrome genética (disostose mandibulo-facial) que lhe conferiu sequelas gravíssimas no rosto, deformidades que mesmo após inúmeras cirurgias não desapareceram do rosto da criança angelical, doce e companheira que Auggie é.
Depois de anos estudando em casa Auggie finalmente terá uma vida dita como normal, vai ingressar na escola e fazer amigos, conhecer gente nova e enfim colocar seu rosto no mundo. E, é então que tudo começa a se desenrolar, como as crianças vão agir diante de alguém que não se enquadra nos padrões do que é ditado como normal? Como aceitar as diferenças que fazem de Auggie quem ele é?
São estas as questões que Palacio tenta solucionar, e, é claro, consegue durante as 320 páginas do livro. Onde Auggie provara de todas as facetas da humanidade, desde as mais incólumes e pacificadoras as maquiavélicas e inescrupulosas. Pessoas que se passam por seus amigos mas que na verdade nutri aquele sentimento incompleto de admiração e repulsa. Passará por situações onde verá o quão duro pode ser o nosso mundo e sofrerá muito, mas por outro lado, a aqueles que o incentivam e o amam como ele é.
Trata-se de uma verdadeira luta contra o bullying onde o protagonista de todos os ataques não possui a menor chance de se defender ou cambiar aquilo que lhe faz vítima, é um livro onde o leitor se vê obrigado a enxergar a realidade intrínseca das crianças, onde a maldade está nos olhos de que vê.
Alguns personagens da trama são verdadeiros crápulas, outros por sua vez são seres fantásticos onde a maldade não faz morada, e que tudo o que desejam é ser útil para aqueles que amam, talvez esta faceta da natureza humana tenha sido a que menos me agradou, é obvio que existe por ai pessoas altruístas e que façam tudo pelos amigos e familiares, mas eu ainda não as conheci, e então ler sobre pessoas assim faz-me duvidar da realidade do livro. Embora, outros fatores do livro lhe concedam um tcham de veracidade, o altruísmo de alguns personagens me faz ver a fantasia por traz da trama.
Extraordinário é um livro para se ler e chorar, é impossível não se emocionar com Auggie e sua irmã Olivia ou sua cachorrinha Dayse, ou mesmo o comprometimento que seus pais dedicam a August e seus tratamentos, é incrível ver como está família conseguiu superar todas as barreiras em se ter um filho como Auggie e conseguiram propiciar a ele uma vida quase normal.
Outro personagem que ganhou minha admiração é o professor, o Sr. Browne que inclusive ganhou um livro a parte, contendo os seus preceitos, como professor sei o quanto é difícil lidar com as limitações de alguns alunos, reconheço a dificuldade em contornar o preconceito inerente a maioria das crianças, e por isso admiro Browne que usando de algumas frases consegue fazer a diferença no mundo das crianças deste livro.
Enfim, trata-se de um livro rico em situações reais e, é uma verdadeira arma contra o bullying, é uma obra prima da literatura contemporânea, pois, vai além das limitações de humanas e literárias e traz de maneira simplista o que se precisa realmente passar para os leitores. É um livro que marca e conquista a cada página.
Sobre o trabalho da editora, não há o que reclamar a capa azul clara traz uma leveza para o personagem e a ilustração usada mundialmente lhe confere um aspecto geral de como seria Auggie, ainda a as ilustrações de cada capitulo que confere um charme especial aos narradores. Isso sem mencionar os aspectos físicos como espaçamento, diagramação, escolha de caracteres tipo de folha, tudo em perfeita harmonia com o livro e com o habito de ler.
Este livro me marcou tanto que seria impossível não lhe ofertar cinco estrelas, recomendo a todos que gostem de histórias de superação e que abominam a cultura da beleza como único caminho para a socialização, leiam e tenho certeza que vão se apaixonar por Auggie independentemente de sua aparência.

5[3]

Ficha Tecnica
Título: Extraordinário
Autora: R. J. Palacio
Preço de Capa: R$ 15,80 até R$ 28,41
ISBN-13: 9788580573015
ISBN-10: 8580573017
Ano: 2013 / Páginas: 320
Idioma: português
Editora:
Intrínseca
Resenha: O livro conta a história de Auggie, um menino que nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial. Em um manifesto em favor da gentileza, ele enfrenta uma missão nada fácil quando começa a frequentar a escola pela primeira vez: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.
Nota Skoob: 4.6
Autora:  R. J. Palacio (Raquel Jaramillo Palacio)
Gêneros | Local: Estados Unidos
R.J. Palacio atua no mercado editorial norte-americano há mais de duas décadas, atualmente com dupla função: designer gráfica durante o dia e escritora à noite. Ela mora em Nova York com o marido, os dois filhos e dois cachorros. Este é seu primeiro livro. Para difundir a mensagem de Extraordinário, a autora iniciou uma campanha antibullying no site www.choosekind.tumblr.com, da qual milhares de crianças já participaram. http---signatures.mylivesignature.com-54492-348-8CDC41FCD38DF5750D599C05656C608C[3]