27 de out de 2014

Recruta Dialética

Abrimos inscrições para colaboradores.
Interessados acessem a guia Recruta Dialética.



26 de out de 2014

Influências japonesas: Especial Televisão. Parte II

Produções Japonesas em Emissoras Brasileiras.

Vimos na postagem de ontem canais que se dedicaram quase que em sua totalidade as produções japonesas e que atingiram o auge de sucesso durante alguns anos, mas que por alguma razão decaíram e terminaram sendo extintos.
Hoje falaremos sobre outras emissoras, abertas e/ou fechadas e que dedicaram uma faixa de seus horários semanais ou de fim de semana a produções japonesas, em especial os animes e tokusatsu.
Mesmo para os mais velhos, é possível se lembrar do sucesso que os animes exibidos em TV aberta tinham com a garotada, a exibição de episódios novos ou mesmo de séries já antigas geravam uma ampla audiência para as emissoras, além de movimentar o mercado de produtos licenciados: cadernos, álbuns de figurinha, action figures, roupas, acessórios escolares, brinquedos em geral.
Um desses sucessos que todo pai teve que enfrentar, foi a exibição do anime Beyblade do original Bakuten Shuto Beyblade, um anime baseado em um brinquedo de mesmo nome, cujo a aparência lembrava um pião. Algumas beyblades possuíam espíritos chamados de feras-bit, como Dragon a beyblade de Tyson o protagonista ou Tyger a beyblade de Kai.
Naquela época, toda criança desejava ter as beyblades e arenas que Hasbro trouxe para o Brasil, era uma febre nacional, e jogar beyblade no recreio era o mais cool possível. Haviam organizações de batalhas entre bairros, salas de aula e sempre era motivo para diversão em grupo. Aqueles que não possuíam o balor exorbitante cobrado por um brinquedo de plástico, em média R$ 159,00, criava suas próprias beyblades, algumas feitas apenas de tampinha de detergente e um palito de madeira, outas eras incrementadas com peças de metal tirada daquela bicicleta velha, ou mesmo construída do zero com materiais tirados do lixo.
Eu mesmo tinha uma dessas, feita com tapinha de detergente e protegida por um rolamento de bicicleta e colorida com esmalte roubado da minha mãe, era uma das melhores e mais fortes durante as batalhas realizadas na casa de um vizinho que possuía um tanque de lavar roupas velho, esses de pedra que se encontra em quase toda casa, nós o usávamos como arena e produzíamos sensacionais batalhas de onde soltavam-se faíscas.

25 de out de 2014

Influências japonesas: Especial Televisão. Parte I

TV MANCHETE, ANIMAX E JBN TV

Como dito na postagem anterior a influência japonesa sobre a programação brasileira iniciou-se ainda nos anos 1960 porém apenas atingiu o seu auge nas décadas de 1980 e 1990.
Entre os percussores do sucesso japonês está a extinta TV Manchete, a segunda emissora originaria da extinta TV Tupi Difusora. Como percussora, a TV Manchete fez história nos seus dezoito anos de existência.
A seguir conheça um pouco mais sobre o canal e sua participação na difusão japonesa em nossas terras, e ainda a existência de outros dois canais destinados especialmente a cultura japonesa, o Animax e a JBN TV, canais pagos que inovaram e foram responsáveis pela exibição da maioria dos sucessos atuais.

24 de out de 2014

Japão e as influências na cultura jovem brasileira. – Parte IV

Logo das principais TV's Japonesas

Influências japonesas: Televisão.

Depois de um atraso de quase um mês, o Dialética Proposital volta a falar das influencias japonesas nas terras tupiniquins, dando destaque integral a um dos maiores meios de comunicação da era globalizada, a televisão.
A sociedade brasileira nunca se deu conta do momento exato em que a televisão japonesa passou a ser tão influente quanto as séries, filmes e programas americanos. De forma sutil a indústria televisiva japonesa começou a exportar seus principais produtos para nossa terra, e em pouco mais de um ano, toda criança brasileira possuía um vínculo estabelecido com aquele país.
A iniciativa japonesa não se deu através de um planejamento detalhado de marketing visando captar a audiência das crianças, não, isso foi realizado pela televisão brasileira, que escolheu como público alvo as crianças brasileiras.
Uma ideia genial diga-se de passagem, pois, hoje adulto entre 20-30 anos que se prese consegue citar pelo menos um programa japonês que marcou sua infância.

22 de out de 2014

Livro #07 - Fala Sério, Pai! - Thalita Rebouças

Dados do Livro




Nome: Fala Sério, Pai!
Autor: Thalita Rebouças
Editora: Rocco
ISBN: 978-85-61384-71-5
Edição: 1ª Ed. 2009
Estilo: Literatura Infanto-juvenil Brasileira
Páginas: 224








Sinopse

Depois de "Fala sério, mãe!", chegou a hora de conhecer melhor o pai de Maria de Lourdes, ou melhor, Malu, a menina mais divertida da Tijuca. Neste livro, Armando, jornalista esportivo e peladeiro convicto, conta sua trajetória (e seus percalços) como pai de primeira viagem, desde a descoberta de que estava "grávido" até a saída da primogênita de casa, com 21 anos.
Estão aqui diálogos que mesclam humor e emoção sobre fraldas, viagens, namorados, separação, candidatas a madrasta, festas, menstruarão, beijos, sutiãs... Enfim, tudo o que acontece numa relação entre pai e filha.
A primeira metade do livro mostra o ponto de vista de Armando, mas é Malu quem assume a narrativa na outra metade, após um marcante episódio de sua vida.

21 de out de 2014

Música “Amor na hora certa”, tema do livro 360 Dias de Sucesso, de Thalita Rebouças!

Amei tanto a música chiclete escrita por Thalita Rebouças para o livro 360 Dias de Sucesso que resolvi compartilhar com vocês a letra e o áudio da música.
Espero que gostem da música como eu.



6 de out de 2014

Aviso

Prezados leitores, mesmo sendo poucos, os considero inestimáveis e por tal razão me sinto na obrigação de publicar este aviso.
Devido a inúmeras situações que enfrento atualmente, estou com deficit de criatividade tremenda, e isso explica a ausência de novas postagens, também estou estudando para um concurso público e quase não me sobra tempo para escrever, quando tenho tempo, não tenho criatividade suficiente.

Sendo assim, irei deixar de postar neste blog por algumas semanas, possivelmente devo retornar dia 20 de outubro, mesmo assim gostaria de contar com sua compreensão e participação aqui no blog, continuem comentando, lendo e participando, seus comentários são a força motriz para o funcionamento do blog.

Sendo isso deixo meu forte abraço a todos vocês.


Julielton Souza