31 de ago de 2014

Conheça Alameda dos Pesadelos da autora Karen Alvares.

Sinopse: 


Vívian era apenas uma mulher solitária, com uma vida normal, presa em sua rotina sem graça, até a noite em que presencia um acidente. A partir daí seu pesadelo começa; ela passa a ter visões de um homem que conheceu no passado e desejava nunca mais encontrar. E o pior: ele quer vingança.
Até que ponto um pesadelo é fruto da imaginação? Vívian descobre que o limite entre a alucinação e a realidade é tão pequeno que a loucura está a apenas um passo de distância e o pesadelo pode estar escondido na nossa mente, como um monstro à espreita, esperando sua chance de despertar. E para escapar do seu horror particular, Vívian precisará entender quais foram seus erros. E finalmente aceitar a própria culpa.

Editora: Cata-vento
Páginas: 265
Preço: R$ 34,90
E-book: R$ 14,90

Links de compra:

Livraria Cultura
Ou adquira autografado com a autora enviando um e-mail para kvs.alvares@gmail.com. Saiba mais:http://alamedadospesadelos.wordpress.com/compre-o-seu/
Adicione o livro ao Skoob.
 Leia o primeiro capítulo: aqui.

Sobre a autora: 


Karen Alvares escreve desde a adolescência, divulgando seus textos na internet. É formada em informática e professora na área. Autora do romance Alameda dos Pesadelos, que saiu pela Editora Cata-vento, foi também publicada em diversas antologias de contos das Editoras Andross, Draco e Buriti. Adora terror, mundos fantásticos, chocolate e gatinhos. Atualmente vive em Santos/SP com o marido e cria histórias na sua cabeça enquanto anda de bicicleta pela cidade.

Twitter e Instagram: @karen_alvares

27 de ago de 2014

Japão e as influencias na cultura jovem brasileira. – Parte II

Influências japonesas: técnicas artesanais e lutas.

Na postagem de hoje, iremos falar sobre as influencias japonesas em três áreas distintas, técnicas artesanais orientais adotados em países ocidentais como o Brasil. Lutas japonesas e as tradições daquele país que implicam em hábitos brasileiros.

Artesanato
Para começar citamos as produção artesanal de ningyoo, ikebana e origami. Ainda dentro do tópico produção artesanal citamos a arquitetura dos jardins japoneses, a arte budista zen e o bonsai.
Muitos devem estar se perguntando “o que diabos significam essas palavras”, eu explico uma por uma.


 Ikebana – Em primeiro lugar falemos sobre a arte japonesa ikebana, que nada mais é do que a arte japonesa de arranjos florais, também conhecida como kado – a via das flores. Originaria da Índia, esta arte foi aprimorada e difundida pelo país do Sol Nascente e consiste em criar uma construção linear que passe harmonia, ritmo e cor.
A ikebana possui três critérios ou pontos a serem observados na hora da elaboração dos arranjos, esses pontos simbolizam o céu, a humanidade e a terra, ou seja, a terra consiste na escolha do vaso a ser usado, a humanidade a disposição do caule e o céu as flores.
Diferente da nossa cultura de arranjos que consiste na quantidade e no colorido das flores, ou seja, priorizamos as pétalas, a ikebana por sua vez prioriza todo o conjunto que forma o arranjo (vaso, caules, folhas, ramos e flores).

Essa arte vem adquirindo espaço em território brasileiro, desde que a cultura do menos é mais chegou por aqui. Os brasileiros amantes dos arranjos exagerados começaram a enxergar na simplicidade a beleza natural das flores em sua forma mais crua. Atualmente é comum avistar arranjos nesse estilo em grandes escritórios, boutiques, delicatesses e centros de beleza.


26 de ago de 2014

10 Seres Mitológicos mais cotados na Literatura – Parte II

Dando continuidade ao especial 10 Coisas dessa semana, hoje teremos a segunda postagem de uma série de cinco, trazendo a sétima e sexta posição. Espero que gostem do texto, e lembrem de comentar, aqui é o lugar para a dialética simples e cativante entre os amantes dos livros.

7° Lugar: Fadas
Ora apresentadas como pequenas, ora de estatura humana, as fadas costumam aparentar bondade e boa vontade. Porém as novas obras da literatura mundial começam a reformular a imagem brilhante e bondosa desses pequenos seres, e já é possível encontra-las retratadas como seres negros e repletos de maldade. Descritas quase que categoricamente como seres parcialmente materiais, parcialmente espirituais, as fadas possuem inúmeros poderes, variando de uma obra a outra, entre eles estão a habilidade de mudar a sua aparência, bem como a capacidade de se tornarem invisíveis aos olhos humanos.
Possuem asas e podem realizar desejos. Surgem nas situações de perigo, ou para desfazerem feitiços e maldições. Há aquelas que aparecem quando o protagonista enfrenta dificuldades financeiras e/ou amorosas. Em outros casos combatem as terríveis bruxas e auxiliam em aventuras exaustivas, sempre portando suas varinhas de condão com poderes além da compreensão.
Na literatura, estão presentes nos contos de fadas e em livros famosos como Sonhos de Uma Noite de Verão, As Crônicas de Sookie Stackhouse e Peter Pan.

25 de ago de 2014

10 Seres Mitológicos mais cotados na Literatura

Um pouco atrasada a coluna 10 Coisas, traz hoje para vocês as dez criaturas/seres mitológicos mais usadas em livros no Brasil e no Mundo.
Devo lembrar que esse apanhado não possui elementos que o comprovem, e/ou qualquer que seja a relação com outros artigos da internet, trata-se de um apanhado geral realizado nos livros aos quais tive acesso durante minha vida como leitor.
Durante essa semana o dez coisas será dividido em cinco postagens diferentes, exceto na terça-feira, dia 26.08.2014, quando o especial sobre cultura japonesa será postado.
Não se esqueçam de comentar, como o nome do blog já diz, eu proponho o assunto e vocês desenvolvem o diálogo, pois, este é o lugar para a dialética simples e cativante entre os amantes dos livros.

10° Lugar: Animais Falantes
Esses seres fantásticos vão longe quando o assunto é quem fala mais, geralmente personagens singulares, as vezes antagonistas que acabaram conquistando o leitor por suas frases de efeito ou mesmo pelo sarcasmo ao introduzir um assunto.
Presentes em grande parte dos livros de ficção infanto-juvenil, os animais falantes se diferem em pouco coisa dos demais. São animais comuns como os que costumamos ver no zoológico, mas que possuem o dom da fala humana ou até mesmo a telepatia, alguns se vestem como humanos, mas nada que os descaracterize.
Podemos encontrar essas criaturinhas falantes em livros como: a série As Crônicas de Narnia, Alice no País das Maravilhas e em quase todos os livros do autor brasileiro Monteiro Lobato.

Em As Crônicas de Narnia cita-se o próprio Aslam, um leão comum, mas que possui o dom da fala e outros poderes. De certa forma, é visto como o rei ou o deus de Narnia. Há também o Sr. Castor no livro O leão a feiticeira e o guarda-roupa e o engraçadíssimo Ripchip o ratinho membro da tripulação do navio Peregrino da Alvorada.


Em Alice no País das Maravilhas de Lewis Carroll, os animais falantes se diferem dos demais, alguns possuem hábitos humanos, como o Sr. Coelho que usa relógios e roupas humanas, o Gato de Cheshire (Gato Risonho) que possui cores jamais vistas em gatos comuns ou a Lagarta Azul que vive a fumar.  



Já nos livros do autor Monteiro Lobato, o famoso Sítio do Pica-Pau Amarelo é lar do Rinoceronte Quindim, O Burro Falante, também chamado de Conselheiro e o porco mais famoso de todos o Marques de Rabicó do livro Reinações de Narizinho.

21 de ago de 2014

Amazon agora também vende livros físicos

Os clientes Amazon e todos aqueles que assinaram a sua newsletter receberam na manhã de hoje um e-mail que todos esperavam: A Amazon ganhou sua primeira loja de livros físicos no Brasil.
Newsletter enviado hoje (21/08/2014)
Isso mesmo a loja campeã de vendas de e-books agora entra para o mercado de livros impressos.
E não é só isso a Nova Loja de Livros da Amazon já conta com mais de 150 mil livros em português, e 2,1 mil editoras, além de oferecer preços baixíssimos, e que diferem muito com o ofertado nas nossas lojas online já conhecidas.
Além do preço baixo a loja oferece frete grátis nas compras a partir de R$ 69,00 e ainda oferece o primeiro capítulo do livro adquirido em versão digital, para que o cliente vá degustando o livro enquanto o espera.
Desde 2012 a Amazon vende e-books para clientes brasileiros, e o único produto físico que constava em seu catalogo eram os leitores de e-book Kindle e seus respectivos acessórios.
A proposta da Amazon ao finalmente entrar no mercado brasileiro de livros físicos é a de manter os catálogos de livros em português competitivos, dessa forma tornando o acesso aos livros mais fácil. Ou seja, com a oferta em alta, a demanda também irá crescer, e consequentemente os preços despencarão.

Clique aqui e veja mais.

E, é essa a nossa expectativa, que com o surgimento dessa gigante da internet no mercado de livros, os preços dos nossos títulos e autores preferidos caiam drasticamente, propiciando acesso ilimitado ao que todos nós amamos: livros.
 Veja agora algumas das ofertas da loja
Clique aqui e veja mais.




20 de ago de 2014

Japão e as influências na cultura jovem brasileira. – Parte I

O Japão irá dominar o mundo. Para muitos essa frase pode parecer pretensiosa e carregada de exagero, mas não é realmente apenas pretensão, o Japão atualmente figura entre os dez países com maior influência cultural no mundo.
De certa forma, fica atrás apenas dos Estados Unidos da América, que não apenas influencia como também dita o que deve ser cultuado.
O Japão (em japonês 日本) foneticamente traduzido para Nippon, os caracteres 日本 significam “Origem do Sol”, por essa razão o país é conhecido como a “Terra do Sol Nascente”, é um país insular asiático, ou seja é composto por um grupo de ilhas que não possui fronteiras terrestres.
O país conta com um arquipélago de 6.852 ilhas, cujas quatro maiores são Honshu, Hokkaido, Kyushu e Shikoko, os quais juntos representam 97% da área terrestre da nação.
É a terceira maior economia do mundo em PIB nominal (Produto Interno Bruto), a quarta maior em poder de compra, o 10º pais com o maior IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), além de ser o único pais asiático membro do G7 (Grupo dos Sete – antes da exclusão da Rússia era chamado de G8) e também G20 (Grupo dos Vinte – 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia).
O Japão é uma das civilizações mais antigas do mundo, há registros de ocupação humana em seu território datados de 35.000 a.C., hoje em pleno século XXI a população é estimada em 127.433.494 habitantes, uma densidade de 337 hab./km².

19 de ago de 2014

O Livro: O Pequeno Príncipe terá nova adaptação em 3D nos cinemas em 2015, e já conta com grandes estrelas de Hollywood no elenco


 Le Petit Prince (O Pequeno Príncipe em português) é uma obra do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, publicada originalmente em 1943. E desde então se tornou um clássico da literatura cultuado no mundo todo.
Um livro que a princípio aparenta ser um livro infantil, mas que possui um grande teor poético e filosófico. O autor também é o ilustrador original, o responsável pelos desenhos meigos conhecidos pelo público.
O Pequeno Príncipe é a terceira obra literária mais traduzida no mundo, perdendo apenas para a Bíblia em primeiro lugar e o livro O Peregrino – A Viagem do Cristão da Cidade da Destruição para a Jerusalém Celestial do autor e pastor batista John Bunyan.
 Atualmente o livro do famoso principezinho conta com publicações em 160 idiomas e dialetos, e com 400 a 500 edições, números estes distribuídos em mais de 143 milhões de exemplares.
Antoine de Saint-Exupéry
Até o presente momento o famoso livro conta com inúmeras adaptações mundo a fora, no Brasil é possível identificar nas grandes capitais inúmeros espetáculos de teatro inspiradas na obra.
Já em repercussão mundial o livro conta com um filme musical intitulado The Little Prince, lançado em 1974. Uma série de desenhos animados chamada As Aventuras do Pequeno Príncipe exibidas recentemente. E um anime japonês, planejado e exibido por um estúdio de animação japonesa com o título de Hoshi no Õjisama Puchi Purinsu, a proposito no Japão há um museu dedicado ao personagem principal do livro.

18 de ago de 2014

Livro #04 - A Travessia - William P. Young

Dados do Livro



Nome: A Travessia
Autor: William P. Young
Editora: Arqueiro
Tradução de: Cross Roads
Tradutor (a): Fabiano Morais
ISBN: 978-85-8041-262-8
Edição: 1ª Ed. 2013
Estilo: Ficção Canadense Religiosa
Páginas: 240

Sinopse

Jesus pegou a mão de Tony.
– Na jornada que está prestes a começar, você poderá escolher curar fisicamente uma pessoa, mas só uma. Assim que escolhê-la, a sua jornada chegará ao fim.
– Posso curar uma pessoa? Está me dizendo que sou capaz de curar quem eu quiser? – Na mesma hora, seus pensamentos se voltaram para o seu próprio corpo em um quarto de UTI. – Deixe-me ver se entendi. Posso curar qualquer pessoa que quiser?
Jesus se inclinou na direção dele.
– Na verdade, você não pode curar ninguém, não sozinho. Mas estarei do seu lado, e a pessoa por quem você decidir orar, eu a curarei através de você.

Um derrame cerebral deixa Anthony Spencer, um multimilionário egocêntrico, em coma. Quando “acorda”, ele se vê em um mundo surreal habitado por um estranho, que descobre ser Jesus, e por uma idosa que é o Espírito Santo.
À sua frente se descortina uma paisagem que lhe revela toda a mágoa e a tristeza de sua vida terrena. Jamais poderia ter imaginado tamanho horror. Debatendo-se contra um sofrimento emocional insuportável, ele implora por uma segunda chance.
Sua prece é ouvida e ele é enviado de volta à Terra, onde viverá uma experiência de profunda comunhão com uma série de pessoas e terá a oportunidade de reexaminar a própria vida. Nessa jornada, precisará “enxergar” através dos olhos dos outros e conhecer suas visões de mundo, suas esperanças, seus medos e seus desafios.
Na busca de redenção, Tony deverá usar um poder que lhe foi concedido: o de curar uma pessoa. Será que ele terá coragem de fazer a escolha certa?

Quotes: A Travessia - William P. Young

A seguir apresento algumas frases e citações retiradas do livro A Travessia do autor canadense William P. Young.


17 de ago de 2014

Um livro amaldiçoado e um trailer chocante... THE BABADOOK vem ai!


O Filme australiano dirigido pela estreante Jennifer Kent, The Babadook promete ser o melhor e mais assustador filme de terror da história. Foi a grande surpresa do Festival de Sundance 2014 e desde sua estreia no festival vem arrebatando público e críticas positivas.

O mais incrível disso tudo é que o Festival aconteceu em janeiro deste ano e somente agora notícias mais completas chegam ao público brasileiro sobre o filme.

O Filme já recebeu três indicações e ganhou sete prêmios nos festivais CPH:PIX, Golden Trailer Awards, Gérardmer Film Festival e Puchon International Fantastic Film Festival, além de estrelar outros festivais como o já citado Sundance Film Festival e o New York City Films Festival, infelizmente ainda não tem nenhuma previsão de estreia nos EUA e no Brasil.
Com uma classificação 7,3 no IMDb o filme é uma grande promessa e desejo de muitos mundo a fora.

12 de ago de 2014

Editora Novo Conceito - Se eu Ficar Primeiro Lugar

Hoje uma publicação no Facebook animou os fãs da Editora Novo Conceito. O livro Seu Eu Ficar, tradução do original If I Stay da autora Gayle Forman, ocupa a primeira posição dos livros mais vendidos no EUA.

Clique na Imagem para Ampliar

O livro que já é sucesso de vendas no Brasil e no Mundo traz em sua capa imagens do filme homônimo, o qual conta com a jovem e talentosa atriz Chloe Grace Moretz de apenas dezessete anos. 
A adaptação deve estrear dia 04 de setembro em todos os cinemas do Brasil.

Trailer Legendado do Filme Seu Ficar

5 de ago de 2014

Black Night + 80% OFF + Submarino + Frete Baixo = Livros Novos

Na noite de 29 de julho aconteceu a Black Night em diversas lojas brasileiras na web. Entre as mais procuradas estavam o Submarino.com e Americanas.com.

A Black Night Brasil é uma das maiores liquidações do ano. Em apenas uma noite (9 horas de ofertas) você encontra ofertas irresistíveis e preços muito baixos, os descontos variam de 20% a 80%.

Na segunda edição do evento no Brasil, era possível identificar nos sites participantes um selo indicando que aquele produto estava em promoção. 

A Black Night começou às 21h do dia 29 de julho, tendo 9h de duração. Aqueles que queriam preços baixos tiveram que ser rápidos, e ficar ligado no horário. 

A fila de espera para acessar os sites participantes tornou-se quase que intransponível, para este que vos escreve foram necessários vinte e cinco minutos de espera, e para tristeza geral o estoque de livros que desejava ou até mesmo outros produtos como eletrônicos, já havia esgotado.

4 de ago de 2014

10 Personagens Secundários que Conquistaram os Leitores:


A coluna 10 Coisas, é a minha preferida, pois posso abordar aqui apenas aquilo que gosto e que sei que pode agradar aos leitores do blog.
Então, pretendo elencar aqui dez personagens secundários em suas tramas que de certa forma conquistaram o direito de protagonizar capítulos inteiros dos livros a qual pertencem.
Devo ressaltar que está é a minha opinião enquanto leitor, e que tal personagem pode não agrada-lo, da mesma forma que me cativou.
Não se esqueçam de comentar, como o nome do blog já diz, eu proponho o assunto e vocês desenvolvem o diálogo, pois, este é o lugar para a dialética simples e cativante entre os amantes dos livros.

10° Lugar: Khufu – As Crônicas dos Kane
Presente na série As Crônicas dos Kane de Rick Riordan, Khufu é um babuíno extraordinário e de muita personalidade.
Como um dos anfitriões do 21° Nomo, ao lado do crocodilo albino Filipe da Macedônia e do poderoso mago da Casa da Vida Amós Kane, nosso babuíno preferido é a exceção à parte, inteligente, sagaz, ágil e comprometido o primata rouba a cena e nos diverte ao extremo.
Khufu é sempre visto portando um pacote de salgadinho ou outra comida que goste (sempre alimentos terminados em “O”), e sua camiseta amada de basquete. E por sinal ele é um excelente jogador e vive humilhando Carter Kane na quadra.
Khufu é um aliado poderoso e leal, a família Kane deve muito a nobre babuíno e todas as vezes que ele aparece nos livros se destaca com seu inconfundível vocabulário limitado, “argh” uma pequena e única expressão que misteriosamente é traduzida pelos Kane como um diálogo longo e carregado de sabedoria.
Por ser o melhor babuíno de pelo dourado de todas as séries de livros, Khufu ocupa a decima posição deste ranking.


9° Lugar: Max – Cidade da Meia Noite: Saga da Terra Conquistada
Max é o pastor alemão amigo e companheiro de Holt Hawkins no primeiro livro da série Saga da Terra Conquista do autor J. Barton Mitchell.
Max é um cão e tanto, devoto ao dono ao extremo. Holt por sua vez ama o cão e o trata como um verdadeiro amigo. É bonito ver a relação dos dois ao longo do livro, onde um se preocupa com o outro.
Em certos momentos você até se esquece que Max é um cachorro e sofre com todos os perigos que o pobre animal enfrenta ao lado do dono e torce para que ele consiga se safar de mais um problema, o mais incrível, é que ele é sempre um dos primeiros a vencer o perigo.
Um acréscimo sensacional a história foi como o autor abordou o relacionamento de Max com as duas novas integrantes da trupe, Zoey e Mira Toombs. Desde o início Max auxilia Holt na perseguição e captura de Mira, a bucaneira (caçadora de tesouros) procurada pela cidade da Meia Noite, e quando ela finalmente se junta a turma, Max não esconde seu descontentamento com a garota.
Já com Zoey a menina desmemoriada, única sobrevivente de um acidente com naves alienígenas, Max é puro amor e dedicação. A preocupação de Zoey com o cão, e dele para com ela é tocante.
E você se vê durante todo o livro, torcendo para que Holt a deixe montar o cão.
Nona posição para o cachorro incrível de Cidade da Meia Noite. 


2 de ago de 2014

10 Series da TV Americana ou não inspiradas em Livros

10° Lugar: The Leftovers


A serie Americana criada por Damon Lindelof e Tom Perrota para a emissora HBO é baseada no romance de mesmo nome do escritor Tom Perrota. Publicado no Brasil pela Editora Intrinseca.
Estreou simultaneamente na HBO e HBO Brasil no dia 29 de Junho de 2014 e conta atualmente com seis episódios exibidos. Além de um especial intitulado “Making The Leftovers”.
A história da série se passa em uma cidade de Nova York chamada Mapleton e narra os acontecimentos do chamado “Arrebatamento Cristão” ou “Arrebatamento Divino” e acompanha a vidas das pessoas deixadas para traz, após o desaparecimento de 2% da população mundial (± 140 milhões de pessoas) no dia 14 de outubro.
Já no primeiro episódio a um salto de três anos, e então passamos a acompanhar as histórias dos “deixados”, como a família Garvey, a família do Reverendo Matt, a prefeita Lucy Warburton e outros personagens. O que mais chama a atenção é o fato que todos se conhecem ou sabem da existência dos outros.
Outro fato importante são os grupos criados após o grande evento, como os Remanescentes Culpados, um grupo estranho que se veste apenas de branco, faz voto de silencio e não a violência e possuem o estranho habito de fumar compulsoriamente. Há outros grupos com menos destaque, como a seita criada por um estranho Guru e aqueles que fizeram votos de se abster de tudo que possa prejudicar sua ida aos céus.
A serie traz em seu elenco nomes como Justin Theroux, Amu Brenneman, Liv Tyler, Chris Zylka e um destaque para os gêmeos Max Carver e Charlie Carver (os gêmeos alfas Ethan e Aiden da terceira temporada de Teen Wolf).



9° Lugar: True Blood


True Blood é uma serie criada por Alan Ball, baseada na série de livros “As Crônicas de Sookie Stackhouse” da escritora Charlaine Harris, publicada em 2001. Os seis primeiros livros foram publicados no Brasil pelos selos das Editoras Benvirá e Arx.
Foi ao ar pela primeira vez em 7 de setembro de 2008 nos Estados Unidos e inicialmente focava a existência de vampiros vivendo lado a lado de humanos na cidade de Bon Temps – Louisiana. Mais tarde foi incluído outros seres mitológicos como lobisomens, metamorfos, bruxas e demônios.
Tem como personagens primários a jovem garçonete telepata metade fada, metade humana Sookie Stackhouse interpretada por Anna Paquin e o vampiro Bill Compton interpretado pelo ator Stephen Moyer.
A serie já foi premiada com grandes prêmios como o Globo de Ouro e o Emmy, porem desde sua quinta temporada apresenta baixos índices de audiência, e por essa razão no ano passado foi anunciado pela emissora HBO que a sétima seria a última temporada da turma de Bon Temps no ar.
Nesta última temporada, acompanhamos a saga final dos vampiros tão queridos como Jessica, Bill, Pam, Tara e Eric, lutando contra o vírus mortal criado por Sara Newlin, (o Hepatitis V). O vírus que é mortal para os vampiros e inofensivo aos humanos se espalhou pelo mundo graças a contaminação do True Blood na sexta temporada. Alguns personagens secundários já se despediram da série nos primeiros episódios seja deixando Bon Temps ou morrendo.
Depois da decepção que foi a sexta temporada, a sétima veio para fechar com chave de ouro a série, é evidente a melhora da trama, ao eliminar personagens como Alcide e seu pai, e enxugar o cast a emissora conseguiu recobrar o vigor da série e conquistar novamente seus telespectadores.
Com o fim da série, sentirei saudade dos personagens caricatos como Lafayette, Arlene, Pam, Jason, Tara e Lettie Mae, foram eles que deram vida a série e a tornou tão especial.